Linux Educacional 4.0

 

É com muito prazer que anunciamos o lançamento do novo site do LE, onde você poderá baixá-lo, entender um pouco mais como funciona a nova versão 4.0, ter acesso aos manuais de instalação e do usuário e participar do nosso fórum de discussão.

O fórum de discussão foi criado com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre o LE e, mais ainda, de criar um canal de comunicação com você, que é integrante fundamental deste projeto.

O endereço do site é: linuxeducacional.c3sl.ufpr.br/

 

Além do novo site do Linux Educacional que você já conheceu, anunciamos também o novo ambiente criado para que você possa acompanhar o andamento e todas as novidades do projeto: o Redmine.

Ao se cadastrar no Redmine você poderá acompanhar as atividades que estão sendo realizadas, ter acesso aos arquivos e às notícias sobre o projeto e participar dos fóruns, promovendo discussões para a melhoria do LE.


Foi lançada no dia 16 de janeiro de 2012 a versão atualizada do LE 4.0. Dentre as mudanças realizadas, destacam-se o novo plugin que permite a visualização de vídeos do portal TV-Escola diretamente do navegador, o novo pacote para instalação de conteúdos educacionais, e ainda a substituição do openoffice pelo libreoffice. Todas as atualizações podem ser verificadas no link:
http://linuxeducacional.c3sl.ufpr.br/changelog.html

Para quem já tem o LE 4.0 instalado as atualizações ocorrerão automaticamente, não sendo necessária reinstalação. Para novas instalações a versão está disponível para download em:
http://linuxeducacional.c3sl.ufpr.br.

Além do lançamento da nova versão, foram feitas também algumas alterações no site, visando uma maior facilidade de navegação.

Todas essas alterações só foram possíveis graças ao piloto realizado na primeira quinzena de dezembro do último ano nas NTEs de Joinville, Rio 3, Chapecó, Volta Redonda, Sao Bento do Sul e Morrinhos. Agradecemos aos técnicos que participaram e contribuíram para a melhoria do LE.


Resultado de pesquisa de satisfação do Linux Educacional 4.0

 

Foi realizada nos meses de junho e julho de 2012 uma pesquisa com técnicos, professores e estudantes, com o objetivo de ouvir as principais queixas dos usuários do Linux Educacional. Esta pesquisa visa estabelecer um canal de comunicação com os usuários, promovendo a melhoria do sistema em sua próxima versão.

Com a pesquisa foi possível descobrir que a maioria dos usuários utiliza o Linux Educacional todos os dias e há mais de 2 anos. Entre os aplicativos mais utilizados estão, nessa ordem: navegador, editor de texto, aplicativos educacionais, editor de imagem e Edubar.

O site e o fórum do LE também foram assunto da pesquisa. Mais da metade dos entrevistados afirmaram conhecer o site do LE, e deram notas (entre 0 e 5) para alguns quesitos: a informação disponível obteve média 4, a facilidade de acesso à informação ficou com 3,92, linguagem textual e linguagem visual ficaram ambas com mais de 4 pontos de média, porém, o FAQ e as orientações para instalação ficaram abaixo desta pontuação, com 3,55 e 3,89 respectivamente.

Quanto ao fórum, apenas 27% afirmam já terem participado, destes, 68% tiveram seu problema resolvido. Para melhoria do fórum, o que pode gerar uma maior participação da comunidade, os entrevistados sugerem uma melhor organização através de divisão por categorias de assuntos, além de uma maior velocidade nas respostas.

Algumas questões foram direcionadas exclusivamente aos técnicos de laboratório das escolas, que contribuíram com sugestões de aplicativos importantes que faltam no LE, e também de ferramentas que possam facilitar o auxílio remoto das escolas

Das 180 respostas obtidas, 44 afirmam estarem satisfeitos com o LE, 96 estão parcialmente satisfeitos e 40 dizem estar insatisfeitos.

Os usuários citam como principal qualidade do LE as características visuais, o uso educacional, a facilidade de uso, a segurança, o fato dele estar baseado em Software Livre e a estabilidade.

Mas muitos defeitos também foram explicitados, e é em cima deles que a equipe de desenvolvimento do LE está trabalhando com afinco neste momento. As prioridades da equipe são a melhoria da comunicação, deixando mais transparente a relação entre os usuários do LE e os seus desenvolvedores; a melhoria do fórum, um importante canal com o objetivo de resolver os problemas pontuais dos usuários; além da instalação de novos aplicativos educacionais e do foco em facilitar o uso do sistema.

Em breve será realizada mais uma pesquisa de satisfação, desta vez direcionada apenas aos professores, para melhor entender as dificuldades, não mais de uso técnico, mas de uso educacional.

A equipe do Linux Educacional agradece a todos os participantes da pesquisa e lembra que eventuais dúvidas, críticas e sugestões podem ser feitas através do fórum (http://redmine.c3sl.ufpr.br/projects/linux-educacional/boards).

 

Este texto foi extraído integralmente do site : www.c3sl.ufpr.br/c3sl/news/pesquisa-de-satisfacao-linux-educacional. Pode conferir também sobre o assunto em redmine.c3sl.ufpr.br/projects/linux-educacional/news.